• mala
  • twitterocaricato
  • passaport
  • Bilhetes comentados

  • Poesias

    Mais Caricato para você

    Pedrinho Renzi

    terça-feira, 3 agosto 2010

    ETERNA CARICATO LUCAS BRUNO ANDRE E DONATO… FALECIDOS SEABRA… E TANTOS OUTROS CARTUNISTAS… CHARGISTAS… DESENHISTAS… PIADISTAS…. TODOS ESTAO VIVOS NA MORADA DO SOL!!!

    SANTO ANTONIO, A VACA E O CAIPIRA

    quarta-feira, 23 junho 2010

    por Pedrinho Renzi   ERA UMA VEZ UMA VACA CHAMADA SANTA ERA UMA VEZ UM CAIPIRA CHAMADO PEDRINHO ERA UMA VEZ UM FILME DA ARA-BELA… ERA UMA VEZ UMA MORADA DO SOL DA CIDADE E DA CIDADANIA… ERA UMA VEZ UM AMOR EM PLENO SOL ERA UMA VEZ UM TEMPO DE SER E EXISTIR ERA  [...]

    O CREM SUIÇO É NOSSO!!!!

    terça-feira, 22 junho 2010

    por Pedrinho Renzi   SEU JOSE OU EISHIM UESATO sao muitos anos com o sorvete bem gelado brasileiro aí não TEM OS SAMURAIS A LUTA DO POVO ORIENTAL COM O SOL NASCENTE na morada do sol com o calor gelado do sorvete no CREME SUIÇO COM o calor do sorvete do açucar… com o queimado [...]

    Pequenos detalhes

    sexta-feira, 18 junho 2010

    por Livia Martucci Pequenos detalhes, Muitos olhares, Incríveis imagens. Assim é a vida, Cheia de linhas E com muitas formas.   O branco no preto, O preto no branco. Nada é sombra, Tudo é luz.   Lugares de lixo: Entulhos abandonados. Expressões de luxo: Achados criativos. Criações de beleza: Nobres e ricas.   O branco no [...]

    O poeta sempre sonha…

    quinta-feira, 3 junho 2010

    por Guilherme Del Nero Maia   Inevitável Meu interesse… Vale a sorte. Meu desejo… Vale o medo. Nos abismos do pensamento,   [um momento de lucidez… Vale a guerra.   Meu supérfluo… Vale a sorte. Minha repugnância… Vale o medo. Na lucidez de uma rocha,   [um momento de loucura… Vale a guerra.   Meu [...]

    O poeta sempre sonha…

    sábado, 22 maio 2010

    por Guilherme Del Nero Maia   A MINHA PERVERSÃO   De um mau funcionamento da mente, As distorções infinitas de desejo incerto, Ou, veladamente ultracerto.   Um disfunção de superfunção, pulsão de vida e morte, ou de morte e vida, Movimento aleatório de fantasias d’alma, Manifestação mágica das possibilidades ilimitadas do desejo humano, Fluxo confuso [...]

    Veja mais